terça-feira, 5 de outubro de 2010

Serei eu a única

A guardar todas as roupinhas e acessório da Mia??? É que todas as mães com quem falo dizem já terem dado quase tudo e guardado apenas as roupinhas mais especiais. E essas mães pretendem ter mais filhos, ou até estão mesmo grávidas de momento!! Atenção que não estou a criticar, mas não consigo entender muito bem...

E agora sem nada a ver, são 10h30, a Mia está na creche e eu já fiz camas, arrumei roupas, preparei roupas para amanhã, limpei casas de banho, limpei pó e aspirei!! Sim, tou a tentar manter-me 100% ocupada para não pensar...Já fechei a grade das escadas não sei quantas vezes:)) Mãe sofre!!

6 comentários:

Sónia Alexandra disse...

Não amiga, não és a única. Se quiseres ter outro filho pode dar muito jeito. Beijinhos

T zero disse...

Eu bem que tento, mas 99% das roupinhas do João são "especiais" e não consigo dá-las ou vendê-las. Quando muito, empresto-as à prima Helena e é tudo.

Cati disse...

Olha, eu tenho tudo, TUDO guardado, à excepção de algumas roupinhas de recém-nascida da Nonô que ofereci a uma prima minha que teve a bebé 5 meses depois de mim e tem algumas dificuldades económicas (e na verdade ofereci as roupinhas de que menos gostava, pode parecer horrível mas é a mais pura das verdades).

Eu sei que se voltar a engravidar de uma menina vou comprar montes de coisas novas porque sou uma grande maluca! Mas mesmo assim não me desfaço das coisinhas da Leonor, como disse a T-Zero todas são especiais... e nunca se sabe se virão a dar jeito ou não.

O casaco com que a Leonor saiu da maternidade era meu, com 29 anos de idade. Por isso... :D

Beijoca!

Cati disse...

E ainda a propósito; a minha avó no outro dia disse-me assim: "quando vieres à terra traz as coisas da Leonor para dares à #$%& que vai ter uma menina". E eu: "o quê"???

A que propósito ia dar todas as coisinhas da Leonor a uma fulana lá da terra que mal me cumprimenta e nem sequer me convidou para o casamento? (filha de um primo direito do meu pai)

Preferia dar tudo à caridade... ou a uma amiga que precisasse!!!

Marina disse...

Eu também não consigo dar nada, nadinha! Sabes o que costumo dizer a quem me pede ou insinua que podia dar/emprestar? "Ai não posso dar uma coisa que não é minha! Os meus filhos que dêem um dia, se não as quiserem!" ;) Bjs

Mara disse...

Eu guardei a roupa toda do João e não deu para aproveitar muito para a Rita, porque ele nasceu em Abril e ela em Julho. E a que ela usou dele, voltei a guardar...
Beijocas