terça-feira, 6 de setembro de 2011

Das noites

Não poderia deixar de falar aqui nas noites. Nada melhor do que hoje em que acordei completamente ko, com dores no corpo, garganta, cabeça e etc... Depois do que passei com a Mia em relação às noites, não posso dizer que o Ben seja pior. Aliás, até acho injusto dizer isso dum bebé de 3 semanas que ainda se está a adaptar ao mundo cá fora...
A hora critica durante a noite é quando acorda por volta das 22h para mamar! Depois de mamar demora umas 2h para voltar a adormecer. E 2h nada pacificas pois as cólicas atacam, não está bem em lado nenhum e o meu cansaço vem ao de cima. Temos tentado incutir-lhe a rotina do estilo da rotina da Mia. Banho por volta das 19h, mama e cama e até tem funcionado, mas depois quando acorda às 22h é muito complicado adormecer. Portanto não sei se não seria melhor passar o banho para perto das 22h, massagem, dar de mamar e depois caminha. E mantê-lo na sala ao pé de nós até essa hora. O que acham?? Depois de adormecer`por volta da meia noite, costuma acordar às 3h e tal e depois às 6h e tal, portanto não me posso mesmo queixar. Mas o período em que está acordado é esgotante pois fica birrento, vêm as cólicas com força e a minha paciência também já não é a melhor, tenho de admitir. Tirando o facto de que o pai também está de rastos pois tem trabalhado todos os dias...Contem-me as vossas experiências para eu tirar algumas dicas sim?? Obrigada:)

3 comentários:

Dreia disse...

Bom dia linda! Realmente no que toca à hora do banho, eu alterei-a de inicio para perto das 22 horas a ver se resultava, mas na verdade não resulou, com o tempo tenho visto que o bebé não é daqueles que precise de banho para dormir. Na altura dava banho às 22horas, dava maminha, vinha birra, pedia mais maminha às 23h, 24h, 1h, 2h (era mais ou menos essa a rotina dele...). Hoje em dia posso dar banho as 18 e 17h, às vezes dou por estar calor ou por saber que chegaremos tarde...enfim, e normalmente adormece entre as 22 e 23h sem birras :). Acho que este horario minha amiga, só ele com o tempo vai acertar. Durante a noite desde sempre que 95% das vezes ele acorda e adormece mal solucione o seu problema (fome, fralda suja, arroto a meio canal, molhou-se ou dor). Para solucionar as dores para ele basta eu colocar-lhe a dormir no quentinho da cama dos pais ou antecipavs a medicação das colicas! Ultimamente ainda continuo a acordar de noite de 2 em 2 horas, ate parece um relogio (deite-o às 23h, acordou às 3,às 5, às 7, às 9, às 11h!! E normalmente sou eu que o atendo porque aqui o marido também trabalha, quando dá aproveito para dormir com o bebe ate às 11h como hoje! O Bem ainda tem 3 semanas muito cedo para esperar que ele siga rotinas. beijinho

Rit♥Catita disse...

No primeiro mês também andei às apalpadelas e o banho do Valentim passou a ser às 23:00. Agora é por volta das 22:00. Mas tudo depende do bebé. Não custa nada experimentar.

Mary disse...

Vim cá por meio do blog da Tella, e aproveito para comentar.
Tb sou mãe de 2 há 5 meses, e foram 2 experiências completamente diferentes.
O mais velho tb tinha imensas cólicas e dava noites péssimas. Eu dormia um total de 4 horas, nunca seguidas - eram 45 minutos aqui, 1h30 ali... um desespero!
Tb tentei alterar o banho mas não lhe vi grande efeito - há bebés que ficam excitados e não dormem depois do banho... É ir provando.
Quanto às cólicas, ele tb tomou Colimil, mas nada funcionou a 100%. Foram 3 meses de cólicas, depois passou. Uma coisa que notei que piorava o cenário era o leite: eu bebia imenso leite, ao pequeno-almoço e durante a noite tb, de cada vez que ele mamava. Quando substituí por leite de soja melhorou IMENSO, apesar de não totalmente.
Achei que quando começasse com as papas e sopas iria dormir a noite toda, mas nada disso, só o fez com mais de 1 ano. Não me queixo, a minha sobrinha com 3 anos ainda não dormia a noite toda.
A minha filha, nada a ver. Uma santa, veio da maternidade a dormir noites inteiras, tinha de a acordar nos primeiros tempos se não ela fazia intervalos de 6 horas ou mais. A verdadeira come-e-dorme, o sonho de qualquer mãe. E eu penso que tem tem um filho assim logo à primeira, não sabe o que ser mãe pode ser!
Boa sorte!