terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Casas e mais casas

É o que tenho andado a ver. Vamos mudar de casa. Já aqui disse anteriormente que as rendas aqui são muito caras, mas aquilo que estamos a pagar por esta casa é um absurdo e, com a recessão, estes preços já não são praticados. Após falar com a senhoria e esta se ter mostrado gananciosa, decidimos começar a procurar outro sitio e digo-vos que temos encontrado apartamentos muito, muito bons por menos 400 euros por mês:) É com muita pena minha que deixo esta casa, pois passei aqui momentos únicos, foi aqui que a Mia nasceu, temos aqui o lindo quartinho dela, mas não nos podemos deixar levar pelas emoções! Com esta casa aprendemos muito, como dizia o meu marido ontem; aprendemos a não querer viver mais em casas; aprendemos que uma casa grande dá muito trabalho e despesa; aprendemos a preferir apartamento a casa, definitivamente!

É com as lágrimas nos olhos (e fora deles) que vou deixar esta casa; mas é com emoção que iniciaremos uma nova vida num outro cantinho que será ao nosso gosto e vamos fazer dele o nosso lar, a nossa casa!!

4 comentários:

Abóbora Amarelinha disse...

Força com essa mudança, vais encontrar um apartamento à tua medida e transforma-lo na tua marca num instantinho, a nostalgia de deixar o primeiro quarto da Mia, vai passar assim que começares a idealizar o outro.
adorava ver a foto do teu casamento, que nos mostras-te onde estás com a Mia, escarrapachada numa parede da casa nova (na parede toda)
Eu acho que aquela foto não tem adjectivos à altura para a classificar de tão linda e maravilhosa que está.
beijinhos

Aline disse...

Não fiques triste. Vida nova! Eu estou a tentar vender a minha, já há quase 2 anos. A minha primeira casa, de solteira. Mas não tenho pena, apesar de gostar muito dela. Quando a vender, é sinal que a minha vida também mudou e me faz ser mais exigente, que já não sou solteira, que já sou mãe.
Tenta pensar assim, com o lado positivo da coisa.
Beijinhos

PS:Já agora, se conheceres alguém que queira comprar um apartamento perto da praia, no Algarve, é só dizer.

Aline disse...

Em relação ao teu comentário ao meu post, ainda não mudei o Martim para outro quarto, porque não tenho. (estou a tentar vender um T1). Mas acho que o ideal é entre os 6 meses e 1 ano. Também gosto de o ter por perto, sei se ele precisa de mim durante a noite.
Em relação ao facto de passar para a minha cama no meio da noite, sei que não é bom... Mas o que hei de fazer? lol

Aline disse...

Olá Maria João. quanto ao que me perguntavas, é um T1 em Quarteira, perto da praia.
Beijinhos
Se quiseres "conversar melhor" a respeito de qualquer assunto:
cantinhodomartim@gmail.com
Beijinhos grandes