terça-feira, 20 de março de 2012

Soluções extremas

Ele, com voz de desesperado: Por favor, vai trancá-los no carro lá fora!
Eu, com os cabelos em pé: Vou mas é enviá-los para Portugal!

Há dias que parece que se unem os dois, Mia e Ben, para nos derrotarem. E não é que quase conseguem???

5 comentários:

Sandra C. disse...

Lolol... existe alguns dias, que também gostava de fazer o mesmo com o Vicente!

Sandra C.

Cidália disse...

Bem, eu não tenho filhos, mas tenho sobrinhos e sei bem como às vezes eles nos deixam os cabelos em pé.
O que eu sei que te faz mesmo muita falta é ter família por perto, pois, a minha mãe anda sempre numa azafama para ajudar os meus irmãos. tenho um irmão que tem dois filhos um com 16 meses e outra com 4 meses, e a minha mãe fica sempre com um deles para a minha cunhada não ter os dois ao mesmo tempo se não dá em doida, por isso compreendo o teu desespero.
Se tivesses família por perto ias ver como tudo era diferente. Mas afinal essa é a tua realidade, longe da família, por isso eu acho que te safas muito bem!
Beijinhos

Té F. disse...

A união faz a força :)
já passei por uma fase igual, qdo os mais crescidos eram da idade dos teus...os meus também só têm dois anos de diferença!
M. João imagina agora o filme se tivesses daqui a 9 meses o 3º :)
Beijocas

Eva Prata disse...

Complicado!!!
Tirando o dormir sempre muito tarde,até agora( pois), a minha filha não tem sido dada a muita birra.
Sei do que falas, quando referes que os envias para Portugal,porque também eu, mesmo vivendo em terras lusas, não tenho apoio de pais e sogros, nos cuidados da bebé!
Paciência- muitaaaa é quanto vos desejo!!! ;)

Pinguina disse...

Pois claro que conseguem! Eu não tenho dúvidas!