segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Tanta coisa na minha cabecinha

E não sei o que escrever. Podia falar que estou prestes a fazer 30 anos, que o meu filho diz mamã e papá (assim pensamos nós), que a Mia vai hoje à 1ª aula de ballet, que o Natal vai ser passado cá, com alguma família que nos visitará e esperemos que com neve à mistura. Podia falar que me dói muito as costas, que o Ben bebe meio litro de leite por noite e que não há maneira da Mia deixar as fraldas de noite. Podia falar que o meu marido ontem fez os melhores suspiros de sempre tal como pedi e que eu vou ficar gorda e balofa e recuperar os 3kg perdidos. Podia dizer isto e muito mais, mas já não sei coordenar um texto. Este blog já deu o que tinha a dar...

7 comentários:

Cati disse...

Não deixes de dizer o que te apetece, quando te apetece. Não precisas de ser coerente... Só precisas de continuar por aí! :)

Um beijo desta blogo-amiga que nunca deixou de te acompanhar!

Eva Prata disse...

Ou mais ou menos, todos nós temos destes momentos. Ora divagamos, ora somos mais objectivos,ora falamos de tudo, ora falamos de nada, tem dias!!!
De mim, podes ter a certeza de um facto: já desde alguns anos, que sou uma leitora assídua do teu cantinho, que muito admiro e em ti, tenho esclarecido dúvidas, no que toca à maternidade, a receitas culinárias e não só!!!
Um grande beijinho, Maria João! ;)


Maria João disse...

Ohhh, que queridas!! Bjinho grande amigas!

Eva Prata disse...

Estamos cá pras curvas, contra curvas, amiga!! Beijinho grande também para ti, vós! ;)

Cati disse...

<3

Livra-te de desaparecer, OK?
Beijoooooooo!

Aline r disse...

Eu gosto dos teus textos. São francos e descrevem o que sentes. beijinhos. Estás a ficar deprimida porque tens 30? E eu com 39? Tonta!

Bombom disse...

Todas temos dias assim, e dias assim-assim...Não vale desanimar.O importante é saberes que tens muita gente à tua espera. Bjs. Bombom