terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

O mundo perfeito

As mães ficariam em casa com os filhos e ao fim do mês receberiam o ordenado. Para mim seria assim o mundo perfeito.

3 comentários:

Aline disse...

Eu seria a primeira a assinar a petição.

fénix renascida disse...

Pois eu tenho uma petição para assinar, e a que se segue será mesmo nesse sentido!!!



Trata-se de saber a quem cabe a guarda dos filhos, em caso de separação: se à mãe (que é, regra geral, a sua figura primária ou de referência, por ser aquela que lhes presta praticamente todos os cuidados diários), se ao pai (que, regra geral, pode ser o que reúne melhores condições), ou se a ambos (estejam ou não de acordo, e independentemente de terem ou não uma boa relação).

Palavras sábias de um pai que ganhou, em tribunal, a custódia dos filhos: A tutela dos filhos é um empreendimento para a vida; não pode ser gerido por dois sócios que não se entendem. As pessoas não conseguem deixar de usar o seu poder para anular decisões e exercer pressões. É preferível que só um dos pais tenha a tutela, por muito que isso custe ao outro. A educação de uma criança não é passível de falhas.'

Ponhamos a mão na consciência: se a lei não permite que se separe as crianças de junto dos seus pais, mesmo que estes vivam em fracas condições, porque razão há-de um juíz atribuir a guarda ao progenitor que ofereça melhores condições? É este o superior interesse da criança?!

Urge reabilitar a maternidade, fazer com que as mães possam acompanhar mais de perto o desenvolvimento dos filhos!!!!

http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

Abóbora Amarelinha disse...

Parabens pela casa nova, (casa nova, dona velha, hehehe)

Isso não era um mundo perfeito, era o paraiso...

beijinhos