quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Encontro imediato com o Pai Natal

Ontem viste pela 1ª vez o Pai Natal. Não o real, porque esse só vem mesmo dia 25. Mas um boneco a fingir, muito, muito grande e que cantava e dançava muito. Pensei que fosses ter medo quando te chegamos ao pé dele, mas não. Ora olhavas po pai Natal, depois pa mãe, depois po pai e sorrias muito e lá pensavas pa ti " mas quem é este homem que não pára de se abanar todo???"...

1 comentário:

Aline disse...

Acreditar no Pai Natal é como prolongar um momento mágico, todos os anos, enquanto se é pequenino. Eu adorava acreditar no Pai Natal e ainda hoje, adoro a personagem.
Beijinhos